Notícias / Polícia


Imprimir notícia

19/06/2019 08:41 - Atualizado em 19/06/2019 08:42

Operação da PF cumpre mandados de busca e apreensão contra empresário

 

Uma operação da Polícia Federal deflagrada, na manhã desta quarta-feira (19), cumpre dois mandados de busca e apreensão contra um empresário, em Maceió. Duas equipes da PF estão nos bairros da Jatiúca e Cidade Universitária. As investigações contra o alvo buscam apurar possível cometimento dos crimes de sonegação fiscal, falsificação de documentos, formação de quadrilha, entre outros crimes cujas penas máximas somadas ultrapassam 19 anos de prisão.

De acordo com PF, as diligências policiais foram iniciadas em 2015 e indicavam que o empresário, proprietário de um supermercado, localizado no Conjunto Eustáquio Gomes, em Maceió, estaria, há vários anos, colocando a empresa em nome de "laranjas", com o fim de sonegar tributos. No decorrer das apurações, a empresa já foi transferida para o nome de várias pessoas, todas de origem humilde, sendo uma delas, inclusive, morador de rua da cidade.

Até o momento, as apurações indicam que os prejuízos para os cofres públicos podem ultrapassar 10 milhões de reais.

As apreensões decorrentes desta Operação, denominada de 'Camaleão', serão devidamente formuladas e juntadas ao Inquérito Policial que está em andamento na Polícia Federal em Alagoas.

Até o momento ninguém foi preso.

CAMALEÃO

O nome da Operação é uma alusão ao fato de que o camaleão muda de cor como uma forma de se disfarçar, de enganar os predadores e as vítimas para não ser identificado no ambiente. O investigado mudava o "dono" das empresas que na verdade eram suas e se disfarçava como empregado, para que não fosse identificado pela fiscalização tributariada.



Gazetaweb 


Deixe seu comentário

PREENCHA SEUS DADOS ABAIXO

Suas informações pessoais não serão divulgadas.


Comentários 0

Ainda não há comentários nesta matéria.